Discovery Cove - 07/01/2013

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Discovery Cove - 07/01/2013

Mensagem por BeatrizOliveira em Sex Mar 15, 2013 8:23 pm

Acordamos empolgados, pena que estava frio, o tempo bem nublado e nuvens carregadas no céu.
Fomos conferir se o Discovery Cove é tudo isso que as pessoas falam, e se o investimento valeu à pena, afinal a entrada dele é bem cara...
Na entrada do parque já dá para perceber que este é diferente dos demais... não precisa pagar o estacionamento !
Até chegar na portaria são belos e bem cuidados jardins, muito verde, plantas e mais plantas. Sem contar as topiaras em forma de golfinhos, lindas !


Após revistarem nossas bolsas, fomos encaminhados a um balcão onde foi feito nosso cadastro e os crachás com fotos. Como fui a responsável pela reserva, recebi um mapa do parque, também em plástico, junto do meu crachá.
No hall tinha uma funcionária com um bicho preguiça, mas ela não permitia que a segurasse, o que era uma pena (já peguei uma preguiça no colo em Manaus, é um animal dócil e muito macio !).


Saindo do hall, um fotógrafo tirou nossa foto recordação, que era gratuita, mas esquecemos de pegar na saída.


Nossa primeira parada foi o café da manhã, que é farto e gostoso. O buffet de pratos quentes tinha ovos, presunto, croutons, french toasts, linguiças. Os pratos frios eram iogurte, granola, leite de vários tipos, café, sucos, frutas, sucrilhos, bagel, muffins, folhados, tudo muito gostoso. Enquanto tomávamos nosso café o tempo começou a abrir e um sol tímido chegou.


Dali fomos para o aviário. É uma experiência incrível, tem pássaros de todos os tipos, cores e tamanhos, todos muito mansinhos e acostumados com a boa vida que levam.
Aqui, imagens valem mais que palavras:



Enfim, fomos buscas nossas roupas de neoprene, a máscara, o snorkel e o filtro solar. Para quem vai com crianças, deve pegar a máscara no saquinho amarelo, e os adultos saquinho azul.
Devidamente vestidos (devia ser proibido espelhos no banheiro), fomos aprender a usar a máscara e o tubo na piscina de água doce, dica preciosa que peguei aqui, pois é inevitável beber um pouquinho de água até se acostumar.


Aproveitei para testar minha máquina à prova d´água, uma Panasonic Lumix Waterproof, e posso dizer que é uma excelente máquina !
Dali, fomos para a piscina de peixes, corais e arraias ! Nossa, a água estava congelante, cheguei a sentir câimbra de tanto frio, mas esta piscina é encantadora.



Fomos almoçar e tentar nos esquentar naqueles enormes aquecedores em volta do restaurante.
Tinha várias opções de salada, eu peguei salada de camarão, salada de siri, arroz com frutos do mar, peixe grelhado e batata frita. Para beber, uma cervejinha !
A comida é muito caprichada, infelizmente o peixe vinha com uma crosta de pimenta, estava muito difícil comê-lo.
Meus filhos pegaram hambúrguer, e sanduíche carne de porco. Tinha também opção de massas.
De sobremessa, cheesecake com calda de frutas vermelhas, salada de frutas, brownie, bolo mousse de chocolate.


Barrigas forradas mas com o corpo ainda gelados, nos dirigimos para próximo da piscina dos golfinhos para aguardar nossa vez. O nado estava agendado para 2 horas, o tempo estava cada vez mais fechado e frio. Não tivemos coragem de voltar para a água.
Fizemos o nado, uma das melhores experiências de minha vida. Nosso grupo era de 7 brasileiros e uma americana. Então, fomos direcionados à treinadora Lucia, uma brasileira, e a menina americana foi para outro grupo. Isso fez com que nossa experiência fosse ainda mais especial, pois ela passava todas as instruções em português, sem contar que além de muito simpática, Lúcia respondia todas nossas questões e era nítido o prazer que ela sentia com a profissão que escolheu.
Nossa golfinha era Rose, um animal dócil e inteligente, e só de estar na presença dela uma sensação de alegria e bem estar nos invadiu de tal forma que até esquecemos o frio.


Depois do nado, fomos tomar banho, lanchar e buscar nossas fotos – compramos todas.

Ainda deu tempo de dar outra volta, de ir novamente ao aviário e quanto aquela minha pergunta inicial, a resposta é SIM, este parque é tudo aquilo que as pessoas falam, é uma experiência única e obrigatória, vale cada centavo que pagamos por este dia, e sem sombra de dúvidas, foi um dos pontos altos de nossa viagem.


A nossa programação era ir ao Medieval Times, e para lá nos dirigimos. Apenas ao chegar ao local, descobrimos que não vendem ingresso na hora, e não tínhamos os nossos ainda. Infelizmente não haveria data para encaixá-lo em nossa programação, e ficamos sem ir.
Fomos então num Target que tem nas proximidades, onde comprei todos aqueles itens essenciais para a sobrevivência feminina, como esmalte magnético, baby liss, máscara para cílios, imãs de geladeira e chocolates. Assim como o Walmart, tinha muitos brasileiros e estantes desfalcadas de produtos.


Também fomos ao Best Buy, na loja Yes Brasil e como ninguém é de ferro, jantamos no Camila´s, aquele tradicional prato de arroz, carne, farofa, salada, regado com guaraná Antarctica e para arrematar pudim de leite condensado.



BeatrizOliveira

Mensagens : 14
Reputação : 0
Data de inscrição : 13/04/2012
Idade : 48

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum